Cyanobacteria – O que fazer?!

Mais cedo ou mais tarde, com maior ou menor extensão, todos os aquários de recife se deparam com este problema…o desenvolvimento das inestéticas cianobacterias. Estas muitas vezes confundidas com algas, são de facto bactérias, mas especiais, pois são bacterias que realizam fotossíntese, tal como as plantas e as algas, ou sejam retiram energia da luz, produzindo oxigénio. Apesar de serem muito chatas e um pesadelo para os aquarios de Reef foram muito importantes no inicio da vida da Terra…

As cianobacterias aparecem geralmente, não no inicio de vida do aquario, mas sim mais tarde, quando começam a acumular-se mais nutrientes, que não são suficientemente exportados para fora do aquário e ai elas acabam por surgir e desenvolverem-se! As condições propicias ao seu aparecimento e desenvolvimento são geralmente as seguintes:

  • luz impropria…,com uma cor mais para o amarelo tende a fomentar o crescimento de algas, nomeadamente as cianobacterias;
  • lâmpadas já demasiado velhas
  • fraca circulação
  • grande carga orgânica
  • introdução de água de osmose ou salgada com fosfatos/silicatos/nitratos

Assim as soluções passam sempre por resolver as causas e NUNCA, na minha opinião pelo uso de antibióticos que erradiquem as bactérias, como existem vários produtos comercias, que dizem que o fazem, sem qualquer problema para os corais e peixes…o que é falso…há imensos casos descritos de verdadeiras catástrofes após o uso destes produtos…assim o ideal é tentar encontrar a causa e solucioná-la!

Na nossa experiência os parâmetros e soluções mais decisivos são:

  • introdução de água de osmose com 0 ppm, isso implica o uso de osmose inversa com resinas que removam fosfatos/silicatos/nitratos que acabam sempre por passar pela membrana osmótica e uma constante monitorização dos ppm da água produzida! Assim que estes comecem a aumentar é hora de mudar as resinas…
  • baixar a carga orgânica…se há cianobacterias…quase de certeza que e/ou os fosfatos estarão elevados (+de 0,3) e/ou os nitratos (+de 5 ppm)…e assim é necessário intervir: aumentar TPAS, diminuir alimentação dos peixes, trocar de escumador, implementar um sistema mais eficiente de exportação de nutrientes
  • potenciar a limpeza do areão e da rocha viva quer através do aspirar das cianos e da RV, quer através do uso de produtos bacterianos que ajudam a consumir estes detritos! Neste campo a dupla da KoraZuch Zeozym e Zeoback ajuda mesmo…Dissolver o zeozym em água do aquario à parte, adicionar as respectivas gotas de zeoback e deixar a repousar durante 6-8h…depois adicionar no aquario…desligando o escumador durante 2h! Este tratamento promove o consumo de detritos…e ajuda de facto a eliminar as cianos juntamente com as medidas anteriores…

Foi esta a nossa experiência…Após alguns meses com esta praga…ficou resolvida…0 cianos!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s